as-fontes-de-clcio-ferro-zinco-gravidez_A

Um recente estudo teve por objetivo avaliar a suplementação de cálcio na alimentação de gestantes com hipertensão arterial, e os cientistas concluíram que o cálcio pode reduzir o risco de pressão alta durante a gravidez, principalmente em mulheres com alto risco de hipertensão gestacional, além daquelas que vivem em regiões onde a alimentação é pobre em cálcio.

A pressão alta é um sintoma comum na gravidez e pode causar sérios problemas de saúde, e até a morte. O parto prematuro também pode ser uma conseqüência da hipertensão na gestante, sendo uma das grandes causas de mortes no período neonatal.

FATORES DE RISCO

Alguns fatores podem estar associados a pressão alta, como: história familiar, idade, etnia, ingestão excessiva de sal, obesidade, diabetes, abuso de álcool, vida sedentária, cigarro, entre outros aspectos.

A hipertensão arterial, ou “pressão alta”, é a elevação da pressão arterial para números acima dos valores considerados normais (140/90mHg). Esta elevação anormal pode causar danos em diferentes órgãos do corpo humano, como por exemplo, coração, cérebro, rins e olhos. Durante o pré-natal procure a orientação de seu médico e pergunte sobre a importância da ingestão do cálcio na gestação.

Fonte: Portal Unimed