Blumenau não está em situação de emergência. Segundo o prefeito Mário Hildebrandt, no final da tarde desta quinta-feira, 24, uma nova reunião com os secretários municipais será feita para uma nova avaliação. O primeiro encontro ocorreu às 9h30 no salão nobre da prefeitura e foi acompanhado pela imprensa. Ali, Hildebrandt anunciou que, por enquanto, o cenário está sob controle.

O chefe do executivo atualizou como os serviços públicos funcionarão nos próximos dias.
Confira:

Transporte coletivo
O transporte coletivo de Blumenau paralisará completamente em alguns momentos a partir desta quinta-feira, 24, para economizar combustível. Clique aqui e veja os horários em que os ônibus deixarão de circular.

Coleta de lixo
Ocorre normalmente até domingo, 27. Nesta sexta-feira, 25, uma reunião durante à tarde decidirá como serão os serviços na segunda, 28:

“Podemos pedir para o pessoal não depositar lixo no domingo, porque talvez não tenha coleta na segunda”, alertou o prefeito.

Obras do Samae
Todas as obras do Samae estão paralisadas. As equipes se deslocam apenas para manutenções. O tratamento, que depende de produtos químicos trazidos de outras regiões, não será prejudicado, pois a prefeitura possui estoque dos produtos.

Obras em ruas 
Os trabalhos que exigem equipamentos movidos a combustível estão parados, como é o caso da duplicação da rua Humberto de Campos e o asfaltamento da rua General Osório, no bairro Velha. Os serviços manuais continuam normalmente, tal como as obras comandadas por empresas terceirizadas.

Procon
Até o momento nenhuma empresa foi multada em Blumenau por estar cobrando preços abusivos. O Procon atuará mediante denúncia. Por isso a instrução é guardar a nota fiscal. A apresentação dela junto a documentos pessoais do consumidor possibilitarão ao órgão  tomar as providências legais.

Educação
Haverá aula normalmente nas redes municipal e estadual de ensino nesta quinta e sexta-feira, dias 24 e 25. A reunião do colegiado municipal durante à tarde pode alterar a definição. A preocupação é com o gás das cozinhas, que em breve deve acabar, afetando a alimentação dos alunos.

Saúde
Serviços essenciais, como ambulâncias, entregas do banco de leite e transporte de pacientes para outras cidades operam normalmente. Apenas situações de emergência serão atendidas.

Desenvolvimento Social
O mesmo ocorre na Secretaria de Desenvolvimento Social. Apenas situações de urgência nos abrigos e no conselho tutelar serão atendidas.

O governo estadual informou, por meio da assessoria, que nenhum serviço está sendo afetado com a greve.

 

Fonte: O Município

Como ficam os serviços públicos de Blumenau com a greve dos caminhoneiros